Juiz Pedraz ordena bloqueio do aplicativo Telegram por precaução após reclamação da Mediaset, Atresmedia e Movistar Plus | tecnologia

[ad_1]

O juiz do Tribunal Nacional Santiago Pedraz ordenou a suspensão temporária do aplicativo de mensagens instantâneas Telegram após uma denúncia apresentada pela Mediaset, Atresmedia e Movistar Plus sobre o uso não autorizado de conteúdo audiovisual protegido por direitos autorais.

Conforme noticiado pela Quattro e confirmado por fontes jurídicas à Europe Press, o Presidente do Tribunal Central de Instruções nº 5 adoptou esta decisão no âmbito de um pedido de medida cautelar solicitado por empresas audiovisuais para paralisar a actividade do serviço de mensagens aplicação durante a investigação. O juiz de instrução recorreu à ordem de retenção sempre que solicitou informações do pedido e não obteve qualquer resposta, segundo as mesmas fontes que revi.

Por enquanto, o Telegram ainda está em funcionamento, embora o bloqueio ordenado pela Justiça nacional deva ocorrer dentro de algumas horas.

Você pode seguir Tecnologia de graves em Facebook E é Ou cadastre-se aqui para receber nossos Boletim informativo semanal.



[ad_2]

..

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *