O governador do estado da Nigéria diz que cerca de 300 crianças sequestradas na Nigéria foram libertadas por homens armados

[ad_1]

Quase 300 crianças sequestradas em escolas na Nigéria não iniciaram este Mês pela Liberdade, segundo discurso do Governador do Estado de Kaduna, publicado na Plataforma X neste domingo (24).

“Enquanto as crianças detidas da Escola Korega estão sendo libertadas ilesas”, disse Oba Sani, sem fornecer mais detalhes. Sani também agradece ao presidente nigeriano, Bola Tinubu, que “trabalha connosco 24 horas por dia para garantir o regresso seguro das crianças”.

Em 7 de março, mais de 300 estudantes foram sequestrados por bandidos armados em motocicletas que atacaram a Escola Primária e Secundária LEA na aldeia de Korija, distrito de Chikun, Kaduna, disse o porta-voz da polícia estadual, Mansur Hassan. CNN tempo.

Alguns estudantes foram sequestrados, mas 287 deles permaneceram sequestrados – cerca de 100 eram do ensino fundamental e o restante do ensino médio.

Na semana passada, os militantes exigiram um resgate de 1 bilhão de nairas (3,2 milhões de reais) e tentaram matar todos os estudantes caso suas exigências não fossem atendidas, segundo um membro da comunidade local.

Sani acrescentou no domingo que o Conselho de Segurança Nacional do país, Nuhu Ribadu, coordenou “as operações das agências de segurança, o que acabou por levar a que este resultado não ocorresse”.

“O Exército Nigeriano também merece elogios especiais por mostrar que com coragem, determinação e determinação, os elementos criminosos podem ser destruídos e a segurança restaurada nas nossas comunidades”, disse Sani.

O estado de Kaduna, que faz fronteira com a capital nigeriana, Abuja, a sudoeste, testemunha frequentes incidentes de sequestro por bandidos, e vários sequestros em massa foram realizados nos últimos anos.

Reportagem anterior de Nimi Princewill em Abuja e Maria Knight.

Este conteúdo foi originalmente criado em inglês.

Uma cópia original

[ad_2]

..

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *