Peregrino do Caminho de Santiago desaparecido desde sexta-feira foi encontrado morto | Espanha

[ad_1]

O peregrino francês de 45 anos, desaparecido desde sexta-feira na região de Roncesvalles, foi encontrado morto na segunda-feira, por volta das 17h30, no Vale de Izbarrondo, no município de Eiro (Navaarra). Atualmente, a Unidade Orgânica de Polícia Judiciária da Guarda Civil, responsável pela investigação, está a analisar diversas hipóteses. Não é improvável que tenha sido apenas um acidente ou que o homem, natural de Gemilio (na região francesa da Bretanha), tenha desaparecido, pois o seu corpo foi encontrado numa zona íngreme perto da estrada.

A busca por Al-Hajj começou na sexta-feira passada, quando a sua família informou a polícia francesa depois de não ter sido feito qualquer contacto com ele. Foi esta força policial que contactou a Guarda Civil de Navarra, que logo depois iniciou uma busca com os bombeiros de Borghetti. Foram justamente essas pessoas que encontraram o corpo.

O homem foi visto pela última vez na manhã de sexta-feira em Roncesvalles, onde passou a noite de quinta-feira. A força policial conseguiu restringir a área de busca no sábado, quando confirmou que o sinal do celular de Al-Hajj foi recebido pela última vez em uma repetidora na área de Ortasun-Ojoy. A missão de rastreamento não foi fácil devido às condições meteorológicas, e agentes de segurança cidadã da Guarda Civil, membros dos escritórios do Serviço Móvel de Peregrinos, do Grupo de Resgate e Intervenção da Montanha Cebruna, uma equipe de drones, bem como membros do Os Bombeiros de Navarra e a Polícia Foral participaram nas buscas. O corpo foi recuperado ao final da tarde com a ajuda de um helicóptero da Guarda Civil, estando prevista a realização de autópsia nas próximas horas.

O que mais afeta é o que acontece mais próximo. Para não perder nada, inscreva-se.

Participar

[ad_2]

..

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *