Presa demite Juan Luis Cibrian do cargo de presidente honorário do EL PAÍS | Comunicação e mídia

[ad_1]

Na reunião realizada nesta quinta-feira, o Conselho de Administração da Prisa Media decidiu destituir Juan Luis Cibrian do cargo de Presidente Honorário do EL PAÍS. O anúncio da sua futura cooperação como jornalista noutro meio de comunicação constitui uma violação material dos termos do contrato de cooperação actualmente em vigor entre Juan Luis Cibrian e El Pais, segundo o qual foi estabelecida uma relação exclusiva, afirmou o Presa num comunicado.

Ciprian não solicitou nem enviou permissão para cooperar em outro meio, o que foi necessário para prosseguir com seu novo projeto, a qualquer momento, resultando na quebra de seu contrato.

Por esta razão, o Conselho de Administração da Brisa Media, em reunião realizada esta manhã, entende por unanimidade que o cargo de presidente honorário do jornal exige o cumprimento contratual, o que não aconteceu neste caso. Assim, ele decidiu demiti-lo.

Juan Luis Cibrian (Madri, 79 anos) dirigiu o EL PAÍS desde a sua estreia, em maio de 1976, até novembro de 1988, quando foi nomeado CEO do jornal e da Brisa. À frente do EL PAÍS, desempenhou um papel muito importante no processo de transição da política espanhola da ditadura para a democracia. Em maio de 2018, o jornalista e escritor deixou os cargos executivos do grupo e foi nomeado presidente honorário do EL PAÍS. Cipriano pertence à Real Academia Espanhola.

[ad_2]

..

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *