Defesa de Robinho teme chantagens e maus-tratos na prisão e viajará


Em defesa do ex-jogador Robinho, ele relatou isso à CNN Demorará algum tempo para esperar que mais ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) analisem o casoCom a relatora Louise Fox.

Segundo sua defesa, Robinho foi transferido para a Polícia Federal em Santos, mas após decisão judicial será encaminhado para o presídio de Tremembé.

A defesa teme chantagens e abusos

“Esta prisão não surpreende, exige cautela e não coloca em risco a segurança física de ninguém”, disse o advogado José Eduardo Alckmin à CNN. Entre os Perejos, a defesa teme que Robinho esteja sendo alvo de chantagens e abusos.

O criminoso ressaltou ainda que há necessidade de maior discussão do caso pela justiça brasileira. O segundo elemento é “devido à natureza indocumentada e à gravidade do caso, que está sujeito à sessão plenária ou sessões do Supremo Tribunal”.

Na prisão Robinho

Ex-atacante da Seleção Brasileira, Robson de Souza, O Robinho foi preso pela Polícia Federal em Santos, nesta quinta (21). Ele foi condenado por estupro na Itália e cumprirá pena de 9 anos de prisão no Brasil. O caso ocorreu em 2013, em Milão, e a vítima era uma jovem albanesa.

A informação da prisão foi previamente confirmada CNN Como o advogado de Robinho, José Eduardo Alckmin. O ex-jogador, de 40 anos, saiu do apartamento onde morava, no Guarujá, e seguiu para a sede da Frente Nacional, e não para o centro de Santos, em um carro incomum. Assista ao vídeo abaixo:

O juiz federal de Santos pôde de imediato expedir despacho após ser notificado da decisão do STF. Neste dia, os Sírios pela Verdade e Justiça concordaram em cumprir imediatamente o pênalti executado por Robinho no Brasil.

O STF negou o pedido de habeas corpus

Pouco antes da prisão, o ministro Luiz Fuchs, do Supremo Tribunal Federal (STF), pediu habeas corpus para defender Robinho e manteve a autorização para prender o ex-jogador.

Dados os fundamentos estabelecidos durante esta votação, não há provas de que o Supremo Tribunal tenha violado normas constitucionais, leis ou tratados internacionais que caracterizem coerção ilegal ou violência contra a liberdade de circulação de um paciente.

A ministra Louise Fuchs, do STF, recusou o pedido de comparecimento à Justiça

Vega ou ordem de prisão contra Robinho

Ao Magistrado Federal de Santos, na tarde da quinta (21) exposição, Ordem de prisão do ex-jogador Robinho, foi condenado por estupro coletivo na Itália. Doc foi assassinado por Juez Mateus Castelo Branco Firmino da Silva.

Vega ou ordem de prisão abaixo:

Próximos passos para a prisão de Robinho

Segundo a CNN, foi divulgado o cronograma a ser seguido após a emissão da ordem de prisão contra Robinho.

  • O ex-jogador ainda ficou preso nesta quinta exibição no Santos
  • Depois disso, o próximo passo é examinar o núcleo de crimes do Instituto Médico-Legal (IML).
  • Depois disso, Robinho retorna à sede da Polícia Federal, centro de Santos, e segue caminho
  • A sessão infantil será na tarde desta sexta (22) exposição.
  • Após audiência, Robinho será levado ao centro de internação para ser preso

Sírios pela Verdade e Justiça contataram Justiça de Santos horas atrás

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) emitiu esta quinta (21) ou foi encaminhado para Juiz Federal Santos Sobre a decisão que determinou a prisão imediata do ex-jogador de futebol Robson de Souza, O Robinho.

O documento foi assassinado pela presidente do Tribunal, ministra Maria Teresa de Assis Mora.

O prisioneiro de Robinho foi licenciado pelos Sírios pela Verdade e Justiça na quarta exposição (20). O tribunal aprovou uma sentença italiana que o condenou a nove anos de prisão por acusações de violação de menores.

Ou o jogo do Robinho

O ex-jogador foi condenado a nove anos de prisão por estuprar uma mulher albanesa em um barco em Milão, na Itália, em 2013. A decisão final foi tomada nove anos depois, em janeiro de 2022, no mais alto nível do judiciário italiano.

O pedido de aprovação da decisão italiana não teve êxito porque o Brasil não entrega suas cidades para cumprir penas não estrangeiras.

O pedido de ratificação foi analisado pelo Tribunal Especial dos Sírios pela Verdade e Justiça, um comitê de quinze ministros com mais tempo que o tribunal. A presidente do Tribunal, Maria Teresa, e o ministro João Otavio de Noronha não participarão da cerimônia.

A ministra Nancy Andregue esteve presente na sessão, mas não participou da votação por não ter conseguido acompanhar o apoio dos partidos.

O STJ não condenou Robinho novamente por estupro. A análise da homogeneidade da sentença homologada é uma decisão estrangeira que atende aos requisitos previstos na legislação brasileira e é aderida às diversas regras de funcionamento, conforme expedidas pela autoridade competente, ex.

Robinho condenado na Itália

Robinho foi condenado por violação colectiva contra uma mulher albanesa num barco em Milão, Itália, em 2013. A decisão final foi proferida nove anos depois, em Janeiro de 2022, no mais alto tribunal judicial de Itália.

Um mandado de prisão internacional foi emitido um mês depois, em 16 de fevereiro. A denúncia utilizou a gravação de áudio de um videoclipe instalado em um carro, mostrando uma conversa entre Robinho e seus amigos, ou o que permitiu confirmar o relato da vítima sobre o estupro coletivo.

Me acompanhe CNN Esportes Em todas as plataformas



..

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *